EVANGELIZAÇÃO ESPÍRITA PARA A MOCIDADE

 

 

 

 

 

 

Aqui deixo o coração (…) fruto das minhas meditações, com o desejo de que todos cumpram fielmente os deveres espíritas cristãos, sob o pálio protetor do Mestre e Senhor Jesus de Nazaré.

yvone-pereira

 

Horários e Faixa Etária

  • Horário – 11h aos Sábados.
  • 1º Ciclo – 13 e 14 Anos
  • 2º Ciclo – 15 a 17 Anos
  • 3º Ciclo – 18 a 21 Anos
  • ESDE Mocidade – 22 a 30 Anos
  • Saiba mais >

 

 

 

PROGRAMA

 

VEJA TAMBÉM

Objetivos: […]dar ao jovem uma formação moral e intelectual que seja a base sólida sobre a qual ele construirá sua vida e onde encontrará forças para enfrentar a si mesmo e ao mundo diante da realidade em que vive e caminhar para frente por seus próprios recursos.

Tema: Princípios Básicos da Doutrina Espírita

I – Deus
II – Imortalidade da Alma
III – Reencarnação
IV – Pluralidade dos Mundos Habitados
V – Comunicabilidade dos Espíritos
VI – Evolução
VII– Moral Espírita – O Evangelho de Jesus

img-mocidade-fixa

Espaço Jovem

 

 

Afeto, criatividade, movimento, idealismo, arte e informação são alguns dos muitos elementos que permeiam o mundo jovem e que, associados ao conhecimento espírita e à vivência dos ensinamentos cristãos, contribuem para a formação de verdadeiras pessoas de bem.

Mensagem D. YvoNne

dona-yvonne

(Dedicatória do livro Cânticos do Coração)

Dedico esse livro aos jovens discípulos das Mocidades Espíritas do Brasil. Bem sei que nenhum deles necessita dos meus serviços para adotarem as leis, os ensinamentos, as virtudes que os tornarão adeptos de terceira revelação – esse amado Consolador que vem ressuscitando as lições e os exemplos do inesquecível Mestre que há dois milênios veio ao mundo como Emissário do Eterno.

Mas eu também fui jovem, lutei e sofri muito a fim de poder conhecer e assimilar os mesmos ensinamentos para atingir as sendas do Bem, compreendê-las e trabalhar resgatando débitos graves do passado.

Precisei então de proteção e auxílio não somente de Protetores Espirituais os quais jamais me abandonaram a braços com os percalços que se avolumaram à minha frente, mas também de amigos e irmãos de crença que me ajudassem a retirá-los com seus conhecimentos contornados de amos fraterno.

Por esta razão hoje, já em véspera da minha libertação carnal , desejo deixar aqui expressa a minha solidariedade fraterna a esses jovens de boa vontade, os quais na flor da vida rejeitam as ilusões materiais e se voltam , plenos de coragem e de amor para as coisas de Deus, para as lides heróicas do Evangelho, compreensivos da urgência de se habilitarem para as responsabilidades doutrinárias que em breve assumirão como sucessores daqueles que lutaram, sofreram e trabalharam sob o impulso do Evangelho, compreensivos da urgência de se habilitarem para as responsabilidades doutrinárias que em breve assumirão comosucessores daqueles que lutaram, sofreram e trabalharam sob o impulso do Evangelho ou da sublime Doutrina dos Espíritos que a todos nós tem servido e encaminhado para Deus.

Aqui deixo o coração nessas singelas páginas, fruto das minhas meditações, com o desejo de que todos cumpram fielmente os deveres espíritas cristãos, sob o pálio protetor do Mestre e Senhor Jesus de Nazaré.

– Yvonne do A. Pereira

Rio de Janeiro, 23 de abril de 1982

 

Mais Artigos botao-mais

Artigos relacionados À MEYP

Em breve artigos sobre Evangelização no GEYP.

CompartilheShare on Facebook2Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

This page as PDF